Caricaturas

 

Meu amigo Charlie Brown

Eu desenho desde que me entendo por gente, em 1978 eu já desenhava "Mônicas" e "Cebolinhas" sempre treinando por conta própria e melhorando o traço e o estilo.

Quando estava no colegial (É assim que chamavam o ensino médio no século passado) os colegas pediam para que eu desenhasse os professores em alguma situação engraçada ou absurda (Um dos meus prediletos era o Nelson, professor de contabilidade, morto pelo Eddie - Mascote do Iron Maiden).

Nelson e Eddie

Mas eram desenhos mais clássicos (na época meu traço era inspirado pelos mestres "Ernie Chan" e "Alfredo Alcala", ambos constantes na revista "A Espada Selvagem de Conan".

Eram engraçados (em geral), mas não eram caricaturas.

 

Quem desenha sabe, sempre tem alguém pedindo para você desenhar algo ou alguém, e quando é alguém, 70% das vezes, pedem uma caricatura.

Eu sempre disse que desenhava uma pessoa, mas não sabia fazer a caricatura dela, e assim segui por anos.

Em 2013, trabalhando em uma mpresa que estava literalmente "indo para o brejo", meu chefe disse que eu, que era "criativo" (por criativo, leia-se "canalha, espírito de porco, mas que desenha bem"), podia fazer umas caricaturas do pessoal, para elevar um pouco o moral da equipe.

Uma vez que não sabia fazer caricaturas, resolvi desenvolver a minha própria técnica: Pegava a foto do pessoal, distorcia com o "Liquify" do Photoshop e depois desenhava em cima do resultado. (90% das imagens ficaram boas e, sim, nos 3 meses seguintes o moral do povo melhorou - aí a empresa fechou)

Equipe da IESA

Essa maratona de photoshop acabou me motivando a aprender a fazer caricaturas old school, com lápis e às vezes caneta. Normalmente, o resultado saía uma versão "mongolóide" da pessoa desenhada, por mais que tentava, a caricatura não fluía.

O fato é: caricatura é 50% você conseguir desenhar a pessoa normalmente, 30% de distorção nos lugares certos (Nem sempre o que vai ser "distorcido" é óbvio e 20% de humor.

 

Alguma coisa na minha cabeça "ligou" de repente e o meu traço começou a melhorar (Faço pelo menos 1 caricatura por dia, a prática é essencial) e está mudando aos poucos.

Grandes amigos

Nem todo mundo sai caricato, tem gente que você bate o olho e a caricatura vem automaticamente, outros, não saem nem a pau (para esse segundo grupo, faça o desenho do rosto da melhor maneira possível, e coloque um corpo pequeno, em situação engraçada - é o que dá para fazer)

Toninho

Estou longe de ser alguém com competência para ensinar técnicas de caricatura (Até porque, pela minha experiência, não é algo que se ensine, e sim uma mudança de percepção), mas uma coisa eu digo para quem quer fazer caricaturas old school: "Aprenda a desenhar bem, depois você começa com as caricaturas, começar com caricaturas normalmente dá mais trabalho".

Roger

Para quem é do mundo digital sempre dá para arriscar photoshop, liquify e muitas layers com o traçado. Com treino, você acaba chegando lá também.