Before Watchmen

 

 

 

30 anos depois da série original e com o sucesso do filme, a DC achou que já era hora de ganhar uns trocados em cima das (na minha opinião) maiores obras de Alan Moore.

 

Claro, Alan Moore execrou a iniciativa, assim como vários fanáticos Mooremaníacos ao redor do globo. É bem verdade que o Alan Moore execra tudo aquilo que ele fez e alguém mudou, alterou, coloriu, pontuou ou até dobrou fora de suas especificações.

Before Watchmen - Coruja

Antes de começar, sou da opinião que Watchmen é o que de mais próximo se pode chegar da perfeição em quadrinhos, não existe a necessidade de sequências ou as tão em voga prequelas (tenho noção que a palavra não consta no dicionário, mas o uso contínuo deve mudar isso).

 

Before Watchmen me pareceu como o Highlander 2 (a versão maldita). Highlander, assim como Watchmen era (para a época) fantástico, aí resolveram fazer o Highlander 2 para explicar de onde vieram os imortais e por quê eles combatiam... QUEM PERGUNTOU?? QUEM QUER SABER???

 

Tive essa impressão com algumas das edições, com outras achei algumas sacadas interessantes, mas no geral, nada excepcional.

 

Before Watchmen - Rorschach

 

Se Before Watchmen tivesse sido criado antes de Watchmen, a história seria outra. 

 

Imagine um mundo real, na época da grande depressão americana, onde algumas pessoas resolveram aparecer e fazer a diferença por conta própria. Entre esses heróis, haveriam aqueles que são boas pessoas, dignas e honradas, mas ainda assim, humanos com falhas e fraquezas.

 

Existem aqueles que foram vítimas, sofreram abusos e horrores e resolveram se levantar contra isso. (A história da Silhouette, embora a maioria possa achar piegas, foi uma das minhas prediletas.)

 

É fácil nesse mundo, essas pessoas se tornarem heróis, inspirarem (ao ponto de um herói ter sido "criado" para promover a imagem de um banco - o Dollar Bill - um dos minutemen).

 

A trajetória desses heróis tende a uma encruzilhada, onde as opções mais freqüentes eram uma morte trágica ou a aposentadoria, devido a idade, e, se você tiver sorte, verá alguém da nova geração de heróis carregar o seu nome.

 

Um belo dia, aparece no mundo um cara azul que pode fazer o que ele puder imaginar, desde se teleportar, explodir coisas, alterar a matéria até ver o futuro. Claro que os Estados Unidos iam usar isso ao seu favor e o mundo nunca mais seria o mesmo.

 

Depois disso, uma vez que "Deus existe, e é americano", esses heróicos idealistas fantasiados foram declarados ilegais por um decreto de lei, e no anonimato eles permanecem.

Se Before Watchmen tivesse sido criado antes de Watchmen, esse seria o ponto onde Alan Moore entraria, coroando e finalizando magistralmente uma série de quadrinhos adultos de alto nível.

Alan Moore

 

Before Watchmen não é ruim, pelo contrário, mas ele sempre vai ser eclipsado tanto em roteiro quanto pela arte do original.