Moebius Path


13/01/2012


 
 

Fractalius

Fractalius é um plugin de uma empresa chamada Redfield para o Photoshop que "extrai" da imagem selecionada padrões de fractais. Ele é de fácil operação, uma vez instalado ele aparecerá no menu de filtros do Photoshop.

Ele possui poucos parâmetros, o ue torna sua execução bem simples, uma vez decidido o tipo de efeito a ser aplicado, é só aguardar até que ele faça todos os cálculos e processe a sua imagem.



Um conselho: Imagens simples, com bastante contrastes de luz/cor/sombras acabam gerando resultados mais interessantes (As imagens mais famosas são as de grandes felinos, mas eu consegui resultados bastante interessantes com algumas aves)

 

 

 

Categoria: Do Pincel ao Pixel
Escrito por Raposo às 08h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
 

Joãozinho

Joãozinho chega no colégio, ai a Mariazinha joga uma bola de papel na cabeça dele e fala:
-Head Shot!
Joãozinho pega o livro e taca na cara da Mariazinha e diz:
-HAHAHAHA, FACE BOOK!

Categoria: Mundo Nerd
Escrito por Raposo às 08h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

12/01/2012


 
 

Capitão América

 

 

Este final de semana assisti mais uma vez ao filme do Capitão América. Durante muito tempo, eu desprezava o personagem, basicamente por ser o Capitão América, o bandeiroso garoto propaganda dos Estados Unidos (e, por muito tempo, ele o foi).

Com o passar do tempo, os roteiristas resolveram tratar o Sr. Steve Rogers (também conhecido por Capitão) com mais respeito. Ele sempre foi aquele herói exemplar, bom moço, com conduta e linguajar impecável, mas basicamente porque ele vem de outra época.

Ele viveu no Bronx muito antes do bairro ganhar a má fama de ser barra pesada. Muito do pessoal que lê as histórias do Capitão se perguntam porque ele não sai "chutando a lata" como o Wolverine e outros heróis...

Como eu disse, ele é de outra época (e foi criado para ser visto como um modelo a ser seguido, e isso, na década de 40 era uma honra e uma grande responsabilidade) e antes de imaginar que se você fosse ele, agiria de maneira muito diferente, pense: "Se meu avô fosse ele, como ele agiria?" - Outro tremendo ponto negativo para o pobre Steve é que ele foi congelado por décadas e perdeu todo o avanço tecnológico e retrocesso social que tivemos (embora, admito que em alguns pontos a sociedade realmente evoluiu) - Ah, e claro, quase todo mundo que ele conheceu, está morto.

Saindo do personagem, caindo para o filme: Quando soube que o Chris Evans seria o Capitão América, não gostei. O cara é o Tocha Humana no Quarteto Fantástico, Hollywood está tão carente assim de atores que vai começar a "repetir figurinhas"? Entendo Hale Berry ser a Tempestade e a Mulher Gato e Ryan Reinolds ser o Deadpool e o Lanterna Verde, afinal são dois universos diferentes e eles não vão se esbarrar por aí.

Não gosto, mas entendo que o Ray Stevenson interpretando o Justiceiro, nunca vai cruzar com Volstag, o Volumoso.

Foi feito um belo trabalho, transformando um franzino Steve Rogers de 40 kilos em um Super-Soldado de (acredito eu 1,90m) o pessoal da computação gráfica fez hora extra encolhendo o Chris Evans.

No elenco tem bastante gente boa, o Tommy Lee Jones (Sou fã desse cara), Hugo Weaving, como o Caveira Vermelha (excelente escolha para o vilão), Stanley Tucci como o Dr. Erskine - Foi uma surpresa bem positiva para mim - uma vez que eu só lembrava dele em "O Diabo Veste Prada" e "Dança Comigo" - Ficou bem interessante fazendo um papel sério. E um bocado de gente nova de seriados e filmes recentes.

Não vou contar a história do filme, basicamente porque segue a linha da origem do personagem, que foi muito bem retratado, passando por várias fases e mostrando até a evolução do escudo clássico para o redondo. Um ponto que a Marvel quis mudar é que o parceiro mirim do Capitão América (Bucky Barnes) não seria mais "mirim" - Tudo bem que era moda na época um parceiro mirim para os leitores mais jovens terem com quem se identificar... Mas levar um moleque para o front da 2ª grande guerra é uma idéia bizonha.

Porém, para os Uber-Nerds de plantão, tem alguns detalhes interessantes que vale nota:

1 - Em determinada hora, aparece Steve Rogers desenhando - Quem não acompanha a os quadrinhos não deve saber que ele é um excelente desenhista (Colossus dos X-Men é outro)

2 - Howard Stark (o pai do Tony "Homem de Ferro" Stark faz uma apresentação de um carro voador do futuro que "deu pau" - Me veio à mente na hora a apresentação do Windows 98)

3 - Em uma panorâmica pela feira de tecnologia da Stark, aparece um tubo com o "Homem Sintético de Phineas Horton", que para quem é da velha guarda, sabe que é o tocha humana original, um androide criado pelo Dr. Phineas Horton que inexplicavelmente entrava em combustão em contato com o ar.

4 - Em sua primeira aparição, o Dr. Arnim Zola (Toby Jones) aparece em um monitor de vídeo que fez com que os nostálgicos lembrassem na hora do Arnin Zola sintético, com a cara aparecendo em um monitor e uma "webcam" na cabeça.

5 - O Caveira Vermelha e o Cubo Cósmico

6 - O Comando Selvagem (com direito a Dun-Dun Dungan)

7 - O Capitão América esmurrando Hitler (a mais clássica das capas de gibi depois do Super Homem levantando o carro)

8 - A pintura do escudo arranha (nunca entendi como isso nunca acontecia nos quadrinhos)

9 - A cena pós-créditos que já virou costume a Marvel colocar em seus filmes

10 - Para variar, o Stan Lee perdido no meio do filme

Para quem não conhece (e normalmente não gosta do personagem por pura implicância ao estilo "bandeiroso" dele) pode ser uma bela oportunidade de assistir a um bom filme de ação e conhecer melhor um dos grandes ícones dos quadrinhos.

 

Categoria: Telonas e Telinhas
Escrito por Raposo às 08h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
 

O Analista de Suporte do inferno

Terça-Feira

Às vezes me sinto ignorado. Quantas vezes já repeti para não ligarem no telefone do Suporte com perguntas idiotas?! Mas ninguém me escuta! Certas perguntas idiotas merecem respostas idiotas…

- Alô, é do suporte? (esta é a pergunta idiota)

- Não, é da contabilidade! (esta é a resposta idiota)

- Nossa, liguei errado! Desculpe!

Desligo. O telefone volta a tocar. Olhei no digital, era o mesmo número.

- Alô, é do suporte? (lá vamos nós...)

- Não, é da contabilidade. Eu acho que você já ligou aqui. Porque não tenta o final 7225, é de lá.

- Ah, obrigado!

Tem vezes que me odeio. Imagino se o sr. Fonseca, dono da empresa, vai ser tão educado quanto eu.

E o telefone toca novamente. E é ele novamente!

- Alô! Você me mandou ligar no telefone errado!

- Suporte Técnico, bom dia! Com quem falo? (esta é a saída de mestre!)



Quarta-Feira

9:00 - O dia começa agitado. Logo quando chego, sou abordado no elevador pelo chefe da segurança. Quer que eu ajude a recuperar umas imagens que foram apagadas, de um suposto ladrão de máquinas de café na copa do 5º andar. Claro que as imagens foram apagadas por alguém por engano.

10:00 - Recebo uma ligação do chefe. Quer que eu instale um software de gerenciamento de projetos no micro dele. Digo que estou muito atrapalhado e assim que terminar um suporte que estou dando, faço conexão remota em sua máquina. Ele acredita, eu desligo.

12:15 - Outra ligação. É o chefe de novo! Ele não cansa? Disse que não precisa mais da minha ‘ajuda’, pois ele mesmo achou o instalador e fez o meu serviço! Melhor pra mim, posso terminar de assistir o exterminador do futuro em paz. Aproveito para ligar a cafeteira no lugar do telefone.

13:00 - Hora do almoço!

16:00 - O almoço estava ótimo. Hora de tirar um cochilo para conseguir dirigir tranquilo na volta pra casa.

17:59 - Desligo a cafeteira da tomada, ligo novamente o telefone e vou-me embora antes que ele toque. Chega de trabalhar!

Categoria: Mundo Nerd
Escrito por Raposo às 07h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

10/01/2012


Ozzy Osbourne - Gothan Tour

 

Ozzy Osbourne - Gothan Tour

Escrito por Raposo às 17h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
 

Fractais

Fractais

Um fractal é um objeto geométrico que, se dividido, suas partes são similares ao objeto original. Normalmente eles são formados por repetições de padrões (processos recorrentes ou iterativos).

O termo fractal vem do latin "Fractus", que significa quebrar e foi criado em 1975 por Benoít Mandelbrot, que descobriu a geometria fractal na década de 70.

Fractais são, hoje em dia muito utilizados em arte digital, eu mesmo de vez em quando me arrisco a criar algo com eles. Eu poderia escrever páginas e páginas sobre fractais e ainda assim seria algo vago (dá para puxar bastante informação a respeito na Wikipedia)

Existem vários geradores de fractais que podem ser baixados com facilidade, entre eles estão o Incendia ( http://www.incendia.net/ ), o Apophysis ( http://apophysis.org/ ) e o Ultra Fractal ( http://www.ultrafractal.com/download/ ) - Só para citar alguns.

Destes, o meu predileto é o Apophysis, pequeno e fácil de usar. Uma das coisas que eu gosto bastante nele é que assim que você o abre, ele gera automaticamente uma série de fractais aleatórios (Que podem ser personalizados ou você pode, simplesmente criar o seu próprio fractal a partir do zero)

Assim como as imagens em 3d, o fractal deve ser renderizado, e dependendo da resolução da imagem criada, esse processo pode levar horas. Eu costumo criar meus fractais no formato PNG, onde eles apresentam o fundo transparente e a partir daí eu os uso em outras imagens, às vezes mesclando outros fractais, às vezes imagens em 3d e até fotos.

Nem todo fractal se trata de repetição de padrões, alguns geram imagens bastante "etéreas" que já me renderam excelentes resultados como efeitos de nebulosas. Para quem gosta de arte abstrata e tem vontade de criar seus próprios papéis de parede, esses programas são um bom começo, com um pouco de treino e alguma paciência, belos resultados surgirão.

Aqui estão algumas imagens que eu criei a partir do Apophysis (Clique na imagem para ampliá-la)

Clique para ampliar

(Meu primeiro fractal, aleatório e básico, apenas gostei da imagem e renderizei em JPG)

Clique para Ampliar

(A Fênix, adoro essa imagem, foram mesclados dois fractais - um para a cabeça e outro para as asas)


Clique para Ampliar
(Neste caso, o fractal foi criado como um PNG semi-transparente e usado como nebulosa para uma cena em 3d feita com o Bryce - E um bocado de iluminação via photoshop)

Clique para Ampliar
(Um fractal mesclado com uma foto, o chão foi feito em 3d no Bryce e as sombras e reflexos no Photoshop)

Clique para Ampliar
(Fractal + Rosa + Photoshop = uma homenagem ao Depech Mode)

Categoria: Do Pincel ao Pixel
Escrito por Raposo às 07h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Histórico

Outros Sites

Visitante Número