Moebius Path


01/10/2010


 
 

Watchmen

Watchmen é um marco nas histórias em quadrinhos, escrito por Alan Moore e desenhado por Dave Gibbons, ela narra a história de um mundo onde heróis mascarados existem e foram proibidos pelo governo americano. Sendo assim, a maioria está aposentada ou trabalhando para o próprio governo. A trama começa quando um desses heróis morre e Rorschach, o último vigilante ilegal, começa a investigar e encontrar coisas varridas para debaixo do tapete, por assim dizer.

 

 

 

Eu tive o privilégio de acompanhar a história quando ela foi lançada por aqui pela Editora Abril (Acho que foi lá por volta de 1988, um ano a mais ou a menos). Qual a vantagem disso? Havia um intervalo de um mês entre cada publicação, o que permitia a discussão de detalhes, analizar cada quadrinho (A arte é extremamente detalhada, com muita coisa escondida). Cada revista era lida, relida, teorias eram desenvolvidas e como não havia a facilidade da internet, spoilers eram coisas que não existiam.

Uma coisa que diferenciava Watchmen era que os personagens eram humanos, no melhor e no pior sentido da palavra - notem que no início do texto eu mencionei heróis e não super-heróis. Não havia super-heróis em Watchmen, pelo menos não no plural.  Em compensação, a única figura super-humana da saga - o Dr.Manhattan - podia fazer literalmente qualquer coisa que pudesse imaginar, ele podia ver o futuro, manipular a matéria, se teleportar, estar em vários lugares ao mesmo tempo e por aí vai. O que levou entre os meus amigos na época a pergunta: "O que fazer se um deus andasse entre nós?"

 

Em 2009 foi lançado o filme baseado na HQ. A atenção aos detalhes foi espetacular, pouquíssima coisa mudou em relação à história original - o pouco que eu vi, na minha opinião, só colaborou para atualizar a história - Talvez por não ser passada 100%, e sim 98%, este é mais um filme renegado pelo Alan Moore - minha opinião é que ele só o fez para manter a fama de louco.

Se você ainda nem conhece nem o filme nem as HQs e não tem preconceito em relação às histórias em quadrinhos, leiam primeiro, vejam um capítulo e releiam antes de seguir para o seguinte. Saboreie, especule e exercite a mente, vale a pena... depois, alugue o filme e assista em duas horas aquilo que deve ser saboreado por meses.

 

LegalLegalLegalLegalLegal

 

Categoria: Mundo Nerd
Escrito por Raposo às 22h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 
 

Dungeon Keeper

Imagine que uma horda de demônios aparece das entranhas da terra para pilhar e saquear o reino. O que fazer? Impedí-los? Se você não respondeu sim, Dungeon Keeper é o seu jogo. Neste jogo de estratégia, você é o vilão. Escave, minere, administre e torture (sim, você leu certo, torture). Construa sua masmorra com galinheiros, cemitérios, salas de tesouro, tortura e e atraia criaturas conforme o gosto delas. Mas nem tudo é diversão... Enquanto você organiza os seus exércitos, as irritantes forças do bem, com seus cavaleiros de armadura, magos e fadinhas planejam a sua destruição.

 

 

A primeira vez que rodei esse jogo, adorei a apresentação (que começa com música vitoriana e quando você percebe, está ouvindo o bom e velho heavy metal) e com o desafio de jogar do lado do mau. É viciante, graças a ele eu peguei gosto por jogos de estratégia. Outra grande sacada do jogo é um feitiço de possessão, que permite que você assuma o controle de qualquer uma das suas criaturas, jogando em primeira pessoa (Possuir uma mosca é meio desorientante por conta da visão hexagonal dela e ela poder voar), tornando alguns combates bem mais emocionantes. Obrigatório para os bons apreciadores de humor negro, afinal, como diz a caixa: "Evil is Good"

 

Como jogar: Os Imps são seus operários, selecione uma área de terra e eles cavarão, tomarão posse do espaço e reforçarão as paredes. O ouro que você encontra só será contabilizado se você tiver uma sala do tesouro - construa uma (Os imps fazem isso também).

Novas criaturas se juntarão a você se você tomar posse do portal, faça isso logo.

Um tamanho bom para as salas é de 3x3, mas o ideal é de 5x5 (claro, se você tiver espaço e dinheiro para tal)

Criaturas precisam se alimentar, dormir, treinar e serem pagas, não descuide.

Cuidado com o Horned Reaper - o carinha da foice - ele é tão mau que se estiver entediado vai matar quem estiver na frente dele, amigo ou inimigo.

Eu vi no Sarcógafo um link para download do jogo (71Mb), mas não garanto se ele está funcionando.

Entrem por sua conta e risco: http://www.sarcofago.com.br/roda/jogo447.htm

 

Categoria: Mundo Nerd
Escrito por Raposo às 20h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

26/09/2010


 
 

Deviant Art

Desde que eu comprei o meu primeiro PC (meados de 1992) eu sempre gostei de personalizar a minha área de trabalho. Eu tinha um potente 386 SX 33Mhz, com 2 Mb de RAM e um espetacular HD de 120Mb e o pesadíssimo Windows 3.1. Com o PC quase sangrando, eu conseguia manter uma resolução de 640x480 e 256 cores. Pode não parecer muito hoje em dia, mas contra o padrão de 16 cores da época era impressionante poder colocar uma fotografia no papel de parede.

De lá para cá eu tentei aprender vários aplicativos gráficos e acabei viciando em criar papéis de parede. Resultado? Não passo mais de uma semana com o mesmo papel de parede. Em 2009, um colega meu de trabalho me apresentou a uma comunidade online de artistas chamada Deviant Art. Tem o mesmo princípio básico do Orkut, só que a idéia é você criar uma galeria online dos seus trabalhos. Colocar as minhas telas online era um desejo antigo meu, aproveitei e embarquei nessa. O resultado é que as imagens que eu crio acabam sendo vistas por gente do mundo inteiro, além disso, eu acabei entrando em contato com artistas e trabalhos fantásticos, onde é impossível não se influenciar ou não aprender novas técnicas.

Uma coisa interessantíssima, é que lá não se encontra apenas computação gráfica, existe arte tradicional em grafite ou óleo, fotógrafos, escultores e eu já trombei por lá até um ou dois ourives. Claro, que como em qualquer outra comunidade, você tem muito lixo, mas com um pouco de paciência, você encontra artistas fantásticos por lá. Se você rabisca, escreve, fotografa ou algo assim e quiser participar, eu recomendo. Vale a pena.

A única ressalva é que, uma vez que é uma comunidade mundial, é aconselhável que se façam as postagens em inglês.

Página principal do Deviant Art -> Link
Minha galeria ->  Galeria Ivan raposo


Algumas galerias interessantes:

Chrissie Cool

 

 

Categoria: Do Pincel ao Pixel
Escrito por Raposo às 23h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Histórico

Outros Sites

Visitante Número