Moebius Path


22/09/2010


 
 

O Analista de Suporte

Terça - Feira, estou de bom humor. É dia de pagamento. Eu acho que receberei alguns chamados. Eu coloco o telefone no gancho. Ele toca imediatamente.


"Eu tenho tentado há horas! " diz a voz aos gritos.
" Não, não podem ser horas " eu digo, enquanto posiciono Blade Runner de costas para a parede, " estava mais para 114 minutos. Eu estava em um longo telefonema com o big boss, tentando adquirir para os usuários algumas instalações melhores"
" Oh. Desculpe. "
" Sem problemas, sou tolerante. " Faço uma nota mental para mudar a senha dele para algo sórdido no próximo par de dias.
" Eu quero saber como renomear um arquivo " ele diz.


Por favor, é dia de pagamento, não é?! Mas eu estou de bom humor.


" Claro. Basta dar 'rm' e o nome do arquivo "
" Obrigado "
" Sem problemas " (Agora eu estou em um *REALMENTE* bom humor. Eu penso que por pouco eu poderia escrever aquele script para gravação de arquivos com nomes aleatórios.)


O telefone toca novamente.


"Alo? É da sala e operadores ?"
" Sim " eu digo, agradável como uma fatia de torta.
" Você poderia pegar minha impressão? Eu preciso deles urgentemente, e eu imprimi há mais de 5 minutos atrás "
" Seu username ?" eu pergunto.
Ele me passa, e eu anoto para uso futuro. " Sem problemas! " eu digo e vou às impressoras.


Há uma pilha enooooooorme de papel lá, e seguramente, o dele está no topo da pilha. Eu apanho, separo do resto e derrubo nosso álcool de limpeza de manchas por toda parte, pratico cooper em cima de um par de vezes. Bonito.


" Aqui está sua impressão" eu digo "Desculpe pela demora, mas nós temos alguns problemas com a impressora. "


Ele dá uma olhada e se borra.


" Bem, eu posso imprimir isto novamente "? ele pergunta, preocupado.
" Claro que pode " eu digo " Mas nenhuma promessa, a impressora está cheia de trabalhos hoje "
" Bem eu posso imprimir isto na impressora laser - está funcionando, não é? "
" Yeah, mas isso tem um custo " digo, morrendo de compaixão.
" Não importa o custo, ISTO É URGENTE !"


Eu retorno para a sala de impressoras e coloco o cartucho de toner que guardamos para ocasiões especiais - o que imprime linhas espessas em preto de cima a baixo no meio da página e em um lado. A impressora cospe o trabalho e eu tiro isto imediatamente - eu não quero perder esta!


" O-o-o que aconteceu ao meu trabalho?" grita o usuário. Felizmente eu escrevi aquele username - eu realmente estou começando a desenvolver um gosto para tortura.
" Bem nada, quero dizer, está um pouco sujo, mas aquele cartucho já fez 47 mil páginas e foi recarregado 17 vezes. Está excelente, comparado a alguns que nós temos por aqui. Ei, não há nenhuma razão para chorar! Você tem um disco com seu trabalho ?"


Ele me dá uma caixa de disquetes e eu entro na sala de operação, passando-a pelo desmagnetizador.


" Desculpe, eu me lembrei que nossa máquina está em reparos. Você terá que levar estes ao outro prédio, para o computador de lá, que vai imprimir melhor e tem um toner novíssimo desde ontem "
"Ótimo."
"Sem problemas. Oh, e segure os discos sobre sua cabeça o caminho inteiro, o campo magnético da terra está particularmente forte hoje."
"Huh ? "
"Sem perguntas! Apenas faça! "


Ele sai corredor afora, mãos segurando alto. Eu às vezes me odeio!

 


** Esta é a primeira de três parte da saga do analista de suporte, tenho isso a mais de 10 anos, então, infelizmente não tenho como dar os créditos de quem fez, então, só me resta compartilhar Muito feliz

Categoria: Mundo Nerd
Escrito por Raposo às 23h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

 Thanos, O Titã Louco
 

 

 

Thanos é um dos personagens da Marvel que eu mais gosto, ele é mau, ardiloso e sarcástico. Ele foi criado por Jim Starlin em Fevereiro de 1973 e acabou se tornando um dos mais inteligentes personagens deste universo. Também conhecido como "Titã Louco" (Thanos é nascido em Titã, uma das luas de Saturno), Thanos já conquistou o universo várias vezes (em uma delas, inclusive, como desejo de sua amada, a Morte, Thanos aniquilou metade da vida do universo - Depois isso foi revertido.) e em algumas ocasiões salvou o universo que corria perigo - segundo ele, apenas porque isso ia de encontro aos seus interesses.

 

Thanos, como muitos personagens da Marvel já morreu, mas voltou à vida (no caso dele, até mais de uma vez, mas sendo ele amante da Morte, é até compreensível). Ele já encarou todos os pesos pesados da Marvel (e venceu), mas no final sempre acaba "se sabotando" e as coisas voltam mais ou menos ao normal. As histórias dele com o Capitão Marvel ou com Adam Warlock (O atormentado herói suicida) são excelentes, mas acho que minha saga predileta é a busca das Jóias do Infinito.

 

Thanos não é um cara legal, mas é um o melhor cara para se ter ao lado na hora do sufoco (a menos que ele esteja causando o sufoco)

 

Categoria: Mundo Nerd
Escrito por Raposo às 23h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

21/09/2010


 
 

10 músicas que roubam a cena

Algumas cenas de cinema são inesquecíveis, seja pela grandeza ou pela simplicidade. Eu sou particularmente fã daqueles momentos em que a trilha sonora toma conta da cena, complementando e marcando aquelas imagens na nossa memória. Eu separei uma lista de 10 desses momentos que me marcaram e o porquê disso.

 

Atenção, alguns fatos dos filmes citados são contados, leia esta postagem por sua conta e risco.

 

 

 

 

10 - Sea Biscuit - Alma de Herói

O momento que acontece após a corrida de Sta.Mônica, em que o jóquei interpretado por Tobey Maguire alcança uma certa "serenidade" e através dela vence sua primeira corrida. Esta mudança no estado de espírito com o crescente da música é, na minha opinião um dos momentos altos do filme.

9 - Keoma

Keoma é um faroeste de 1976 estrelado por Franco Nero em que um pistoleiro mestiço que se revolta contra seu pai e seus meio-irmãos para salvar sua cidade. Óbvio que o ponto alto da trilha sonora é o que antecede o duelo final. (Todo faroeste italiano tem que ter um duelo final) Com um belo arranjo de violão e duas vozes contrastando entre si. Eu vi esse filme a primeira vez na televisão lá pela década de 80 e tenho que dizer que foi uma das trilhas sonoras mais difíceis de se conseguir (Consegui quase 20 anos depois de ter visto o filme)

8 - Mais Estranho que a Ficção

Confesso que esse não foi um filme que me agradou muito, mas em determinado momento do filme o personagem de Will Ferrell percebe o seu papel na história e sabe o que seu destino lhe reserva. Essa cena acontece enquanto toca "La Petit Fille de la Mer", uma das minhas músicas prediletas do músico grego Vangelis. Fez valer o filme.

7 - Rollerball (2002)

Tem dois momentos nesse filme em que a música se destaca. O primeiro é quando um dos jogadores é atacado covardemente o astro do time (Johnatan, interpretado por Chris Klein) soca o vidro próximo ao guitarrista que entende o momento e começa um pesado solo para "levantar os ânimos". O segundo momento é quando estoura a revolução, onde a música densa de Eric Serra e as imagens descontinuadas do que está acontecendo casam perfeitamente. Sou obrigado a dizer que em matéria de filme, o original de 1976 é melhor, mas ainda assim, vale essas duas cenas.

6 - Sr. e Sra. Smith

É um filme entre ação e comédia que eu gosto muito. Gostei muito da escolha da música para o tiroteio final, que era a mesma música que tocava quando eles se conheceram (Joe Strummer & The Mescaleros - Mondo Bongo), batendo naquela máxima que diz que no final, você tende a se lembrar do começo e a seqüência termina com a frase "Nobody said it was fair"... (Ninguém disse que era justo)

5 - Harry Potter e o Enigma do Príncipe

Essa seqüência só não teve uma posição mais alta no ranking porque ela não está no filme (Eu achei-a nas cenas excluídas do DVD duplo). Na cena aquele professor baixinho rege o coral ao mesmo tempo em que uma tempestade se forma sobre Hogwarts. A cena toda é belíssima, pena não aparecer no filme.

4 - O Último dos Moicanos

A primeira vez que assisti ao filme, fiquei de queixo caído quando Daniel Day Lewis parte para resgatar a loirinha do índio com cabelo moicano (Na verdade, os moicanos eram outros, mas isso não vem ao caso agora) e começa a música de violinos no estilo irlandês, crescendo a medida que a cena se desenrola e as paisagens vão ficando mais grandiosas. Vale a pena conferir.

3 - Tubarão

Não existe ninguém que não prenda o fôlego ao ouvir os primeiros acordes de violoncelo da música tema do filme. Aquele som grave que vai ficando mais alto e mais rápido com a proximidade do mal-compreendido peixão traumatizou muita gente da minha geração (e acredito que de outras também). Medo em seu estado mais primitivo.

2 - O Império Contra-Ataca 

Nenhum nerd que se preze pode se auto-proclamar assim se nunca se imaginou em passos pesados entrando em algum lugar ao som da Marcha Imperial, de John Willians (curiosamente, o mesmo autor da trilha de Tubarão). A cena em que Darth Vader desembarca em frente às tropas imperiais perfiladas ficou cravada na mente de todo bom fã de ficção justamente pela música que transmite imponência e maldade.

1 - Conan, O Bárbaro

O filme começa com uma narrativa do velho Mako (que segundo um amigo meu, quando não é um feiticeiro, ele só aparece para morrer no filme - em Highlander 3 foi os dois, mas isso é outra história) e depois, literalmente, rufam os tambores. A trilha sonora, composta por Basil Poledouris era prevista para ser inteira heavy metal, mas acabou sendo feita totalmente instrumental, no estilo Carmina Bourana (de Carl Orff), o que na minha opinião deixou-a espetacular. Não ouso dizer um momento predileto porque eu acho-a, na minha peculiar opinião, impecável, ao ponto de se identificar cada cena do filme ao se ouvir a trilha sonora. Essa é uma que eu tenho o bom e velho LP, o CD original com faixas bônus e um especial baixado em Mp3 com a narração do Mako no início. Trilha obrigatória para os amantes de boa música.

Categoria: Telonas e Telinhas
Escrito por Raposo às 23h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Histórico

Outros Sites

Visitante Número